Terça-feira, 31 de Janeiro de 2012

Os hospitais não nos querem dar uma abébia

Olá de novo!
Vocês já devem estar chateados comigo por estar aqui todos os santos dias...
E também os que não são lá muito santinhos mas bem.
Estou a escrever um bocado aborrecida, é que além de não perceber o meu problema que tenho nos intestinos, estou aborrecida porque as coisas em relação a saúde em nossa família não andam muito bem, em menos de um ano morreu dois tios, o meu mano VMC teve o problema de urinar, a minha mana OICS teve o problema intestinos e agora a minha mana MHAC fez uma mamo grafia de rotina e ela recebeu o aviso que tem de comparecer hoje no hospital, realmente os hospitais não nos querem dar uma abébia.
Ontem como disse estive a fazer os postais para São Valentim, o meu amigo ESPECIAL veio começou a mandar vir comigo, estava a dizer que eu ia fazer as coisas para o meu namorado enfim... no coment.
E então consegui fazer dois postais do mesmo desenho e frase, agora hoje farei com outras cenas para variar, mas é me muito difícil nesse computador, antes pensava que a minha rica quinta FarmVille a que pesava o meu computador, e mesmo sem ela o meu computador parece uma carroça de mão.
Tenho de ir, daqui a nada vou almoçar, beijinhos e fiquem bem.
PS: Hoje uma pessoa conhecida faz anos, CM os meus sinceros parabéns além de intenicares muito comigo sua tarouca.

sinto-me: Bué aborrecida
música: Conversas
tags:
publicado por vida_da_inda às 11:28
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012

O governo devia sair do seu casulo

Oi a todos!
Em primeiro lugar peço mil desculpas à minha cunhada VMSC, é que ela fez anos ontem e como fiz aquele poema, não pude dedicar-lhe um post, mas vou ver se faço em um outro blog, não prometo nada porque tenho os postais de São Valentim para fazer e mais alguns cordões de casamento, por isso não posso prometer nada.
Ontem senti que deveria fazer aquele poema, senti que seria a minha pequena homenagem ou o meu presente não sei... só sei que vivi de perto esse sofrimento de perda, assim como disse no poema, não era amiga deles, mas a minha sobrinha era muito, mas mesmo muito amiga deles desde crianças, eles cresceram na mesma creche, e depois foi a escola enfim... eu conhecia os dois porque eles por vezes vinham ter com a minha sobrinha e eles depois saiam, e quando era nas festas eles iam se divertir com ela... eu achava o Rodrigo muito mais simpático do que ela, porque ele falava normalmente comigo, ela por mais que mete-se conversa com ela, nem sempre era respondida nas brincadeiras já ele ficava na atenção e mesmo acanhado respondia-me enfim... Deus esteja com eles, mas acredito que eles não estão sós porque além de eles serem pessoas com imensas amizades, agora têm muitas mais pessoas a pensar e a pedir por eles, eles agora realmente a que nunca vão estar sozinhos.
O meu dia de ontem foi razoável, vi filmes repetidos, mas como a minha sobrinha veio com os olhos que parecia ter chorado, eu deixei nos filmes que ela estava a gostar de ver, tentei mesmo animar ela porque ela estava de rastos, mas acho que consegui um pouco, no sábado gostei imenso, veio o meu amigo ESPECIAL e estivemos a jogar na Wii, meu Deus que saudades, mas como perdemos ele diz agora que aquele jogo é para bebés vejam lá vocês o que sofro, é verdade, ele estava a ficar doente espero que esteja melhor.
É verdade, ontem o meu amigo, aquele que tem a mulher e filha, ele disse que foi despedido, nem sei como vai ser agora a vida dele, ele estava a começar os preparativos para começar o projecto para a sua casa, e sem emprego como vai ser, o pais está a desmoronar aos poucos, acho que o governo devia sair do seu casulo (casa) e meter-se mais em contacto com as pessoas, porque existem pessoas que recebem imenso dinheiro e não merecem nem um canto daquilo que recebem, e tem pessoas que precisam imenso e não têm como se sustentar, são as doenças e deficiencias enfim, assim as pessoas têm o direto de se revoltar um dia enfim... veremos no que isso tudo vai dar.
Agora despeço-me com mil beijinhos e fiquem bem.

sinto-me: Com sono
música: Automóveis na rua
tags:
publicado por vida_da_inda às 10:55
link | comentar | favorito
Domingo, 29 de Janeiro de 2012

Rodrigo e Júlia para eternidade

Eles eram dois irmãos
Dois irmãos muito unidos
Em tudo davam as mãos
E eram muito conhecidos.

 

Ela era a Júlia
E ele o Rodrigo
Gostavam de andar na folia
Tinham ambos, um coração amigo.

 

Meus amigos não eram
Eram apenas da minha sobrinha
Uns sentimentos por eles ficaram
E ele em minha mente caminha.

 

Já não estão entre nós
Mas estariam se pudessem
Acredito que não estão sós
Estejam onde estivessem.

 

 Eles faleceram num acidente
Nem queria acreditar... mas o que fazer
Foi uma tristeza pra muita gente
Desse dia não vou esquecer.

 

Faziam anos hoje é verdade
17 Anos, que mocidade
Rodrigo e Júlia para eternidade
Os meus Parabéns, recordo-vos com saudade.

Autor: Florinda Carreiro
29 de Janeiro de 2012 – 11:28 Horas

sinto-me: Senti que o devia
música: Kenny G. - Peace
publicado por vida_da_inda às 12:32
link | comentar | favorito
Sábado, 28 de Janeiro de 2012

Já tomei tanto cuidado...

sinto-me: Bem aborrecida
música: Conversas
tags:
publicado por vida_da_inda às 11:34
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012

Sonhar Com Uma toupeira

Oi minha gente!
Tudo bem com vocês?
Hey açoreanos ninos, estão ainda de ressaca depois do dia de ontem, o dia dos amigos?
Vou saber vou.
Essa noite passada sonhei um sonho estranho, sonhei que tinha um animal que parecia um marraozinho, mas não era... era um animal estranho, e eu quando pegava nele eu sentia que ele gostava de mim, e que sentia uma necessidade enorme de estar comigo, mas devido à natureza dele ele procurava sempre a escuridão, e ele metia-se no armário, eu queria muito estar com ele e ele comigo, mas ele voltava de novo para o armário, depois como estava sem perceber o meu mano olhou para mim e disse “É tonta, ainda não reparaste que esse animal é uma toupeira” fiquei parva, mas ele tinha razão, era mesmo uma toupeira, agora à noite contei à minha mana CMC e ela ficou curiosa e fez a pesquisa na Internet, e encontrou essa explicação:


“Toupeira: porque ela escava galerias subterrâneas, a toupeira representa o caminho do pensamento, nomeadamente o inconsciente. Presente em sonho, a toupeira pode revelar a necessidade de procurar em profundidade a existência de um segredo, de algo escondido. Esse significado é reforçado pelo facto de a toupeira ser cega (recusa ou incapacidade de ver). Ver uma toupeira em sonho, indica perigo no tocante a assuntos sentimentais. Se você possuir toupeira, então cuidado, pois tem inimigos desconhecidos. Se você capturar a toupeira, o que está escondido será desvendado, você alcançará destaque.”
Significado dos sonhos
Realmente é melhor que ter pesadelos como tive nas últimas duas noites anteriores, tinha dito à minha mana CMC que nunca mais tinha tido pesadelos e de repente tenho eles em duas noites seguidas, que cena neh.
Hoje estive a ver o programa da Conceição Lino e, apareceu uma Sra. Que consegui ver a nossa auria, e através disso ela sabia algumas doenças que a gente tinha, tentei encontrar o facebook dela e não consegui nada mesmo, mas realmente gostava de ter os contactos mais fáceis dela, porque gostava de saber porque me sai água pelo ânus, e acho que nunca vou saber mesmoo.
Beijinhos e tenho de ir, os postais de São Valentim estão a chamar-me. Um bom fim de semana a todos.
 

sinto-me: Desiludida com o PC
publicado por vida_da_inda às 22:35
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2012

É mesmo bom ter um amigo

Tenho uma palavra em mente
Que para mim é preciosa
É algo que se sente
E é muito mais que valiosa.

 

Ela não é um tesouro
Ao qual podemos caçar
Vale muito mais que ouro
Ouro por tudo podes trocar.

 

Eu não trocaria por nada
Essa palavra importante
Porque sempre que estou desesperada
Ela é uma ajuda constante.

 

A palavra que estou a referir
Não nos causa nenhum perigo
É felicidade que estou a sentir
É mesmo bom ter um amigo.

 

Com um amigo sentes-te feliz
Com um amigo podes desabafar
Um amigo ouve o que teu coração diz
E com ele sempre podes contar.

 

Amigo, hoje é o teu dia
Vamos todos comemorar
Esse dia de alegria
Que devemos para sempre lembrar.

Autor: Florinda Carreiro
26 de Janeiro de 2012 – 11:48 Horas

sinto-me: Cansada... mas bem
música: Conversas
publicado por vida_da_inda às 12:06
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Dia é muito marcante

Olá!!!!
Tudo bem com a vossa quarta-feira?
Como correu o dia?
O meu foi mais no banho pela manhã, depois de tarde voltei ao passado, estive a escrever uma carta à mão, é verdade, vou mandar uma encomenda para o meu correspondente e amigo, e escrevi a carta mesmo com a caneta que ele próprio ofereceu-me pelos anos, amanhã vou tentar que coloquem ela no correio, nessa caixa vai o presente de Natal, o presente de amanhã que se comemora-se o dia dos amigos, e deves coloco dentro o presente de São Valentim que está ai a bater à porta, não era para ser assim mas deu tudo errado e agora teve de ser, desculpa amigo espero mesmo que gostes dos presentes.
Hoje o dia é muito marcante, faz hoje 8 anos que o Miklós Fehér morreu em campo, e o Eusébio do Benfica faz 70 anos, realmente hoje é um dia em cheio.
Estive a falar com a tal amiga que veio com o homem dela, conhece-os através do facebook.
Beijinhos e tenho mesmo de ir.

sinto-me: Mais ou menos
música: Silêncio
tags:
publicado por vida_da_inda às 23:57
link | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Janeiro de 2012

Domar Clasico

Olá a todos!
Tudo bem com vocês?
O meu dia foi mesmo muito, mas mesmo muito cansativo, ainda ando a organizar algumas coisas para então depois entrar a matar nos meus trabalhos. As missangas andavam mesmo muito na desordem e eu hoje coloquei algumas na linha.
A minha tarde tem sido assim simplesmente, depois meteu-me uns nervos porque alguém bateu na porta e eu perguntei imensas vezes quem é, e a pessoa nem fez caso, as pessoas dizem que ouvem me bem quando começo a rir ou mesmo se falo mais alto elas ouvem-me lá fora, e eu que estava aos gritos a perguntar “Quem era” e a pessoa nada de responder, nem sei no que pensar, dei apitos para o telemóvel da minha cunhada VMSC mas ela estava no quintal, depois o meu sobrinho a que veio cá abaixo saber o que queria mas as pessoas já se tinham ido embora, realmente não dá para compreender como não me ouvem a gritar quem é mas prontes…
Mas o meu dia terminou melhor, agora à bocado o meu amigo ESPECIAL quis sorrir, e então ele quis ver uns vídeos que o meu sobrinho LPCS viu aqui à muito tempo, deixo aqui o meu preferido que é o mesmo urso branco desastrado a tentar andar de cavalo, e realmente valeu sorrir com ele umas boas gargalhadas não faz mal a ninguém pois não.

Ui estou que nem posso, depois de ver os vídeos ele foi-se embora e eu quis jantar, só que comi demais que quase nem me posso mexer, despeço-me com mil beijinhos e fiquem em boa companhia.

sinto-me: Cheia do jantar
música: Kenny G - Loving You
tags:
publicado por vida_da_inda às 23:00
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2012

Apaixonado por mim

Oi uma boa noite!

Estão bons?

Eu por momentos estou sem saber nem no que pensar, minha mana acha que o meu amigo ESPECIAL quer ter algo comigo, mas não posso deixar que isso aconteça, ele tem o pensamento de uma criança não consigo ter algo com alguém assim, além disso sei muito bem se eu der apenas um beijo nele hoje, amanhã toda a vila já fica a saber, meus pais matavam-me a mim e a ele, mas ele parece mesmo estar apaixonado por mim mesmo sem ele mesmo saber, porque sempre que eu elugio um rapaz ele sente muito ciúme e fala mal dele, diz que ele é gay e que ele não gosta de raparigas, ainda ontem estava a ver o Porto mais ele e eu mandei um beijo ao James do Porto, e ele quando viu ele estava a rir ele parou logo de rir, e agora à bocado ele disse na despedida para eu olhar para ele e ele despediu-se da minha mana CMC de beijo, e quando ele veio despedir-se de mim ele disse para não virar a boca para ele, para ele não me dar na boca... fiquei mesmo estupfacta, de onde saiu agora aquela mas bem.

O meu fim de semana foi rasoável, na sexta-feira à noite veio o meu amigo e demos o presente a ele porque ele tinha feito anos no dia 16 desse mês, ele felizmente gostou do presente. No sábado estive a despesar a mesa e ainda não terminei e depois veio a minha sobrinha e ela quis dormir aqui, mas a gente somente fomos dormir à uma e tal da manhã, o meu mano ainda não tinha chegado a casa porque estava podre de bêbado, e eu e ela dormimos é sempre na sala, e eu então disse, ficas aqui no quarto mas eu tenho de ir para a sala porque ele se entrar pode deixar a porta aberta, fico a vigiar, e assim foi, mal fui para a sala ele abriu a porta e mal se estava a segurar de tanto bambiar de um lado para o outro, mas mesmo assim graças a Deus ele não cai, porque se ele se magoar, a minha mãe terá que tratar dele e isso seria muito mau. No domingo a mesma cena, ele saiu logo cedinho, estivemos a almoçar e depois por volta das quatro e tal passou aqui a procissão de São Sebastião, depois continuamos a ver os filmes a minha mana foi-se embora mais a filha e ele depois chegou, e claro de novo bêbado, foi-se deitar mas se alguém me chatiasse e disse-se faz pouco barulho porque ele está lá em cima eu ia ver o futebol na casa da minha mana OICS, eles têem a Sport TV, eu peno para ver aqui na Internet.

Agora estou no ir porque tenho imensas cenas a fazer.

Beijinhos.

sinto-me: Confusa e com medo
música: Silêncio
tags:
publicado por vida_da_inda às 23:38
link | comentar | favorito
Domingo, 22 de Janeiro de 2012

Anos 60 - 70...

Responde a uma coisa:

Tu que tiveste a tua infância durante os anos  60, 70 ...          
Afinal de contas...
Os carros não tinham cintos de segurança, apoios de cabeça, nem airbag!!!

Íamos soltos no banco de trás aos saltos e na galhofa. E isso não era perigoso!

As camas tinham grades e os brinquedos eram multicores com pecinhas que se soltavam ou no mínimo pintados com umas tintas “duvidosas” contendo chumbo ou outro veneno qualquer.
Não havia trancas de segurança nas portas dos carros, chaves nos armários de medicamentos, detergentes ou químicos domésticos. Andávamos de bicicleta para lá e para cá, sem capacete, joelheiras, caneleiras e coto veleiras...
Bebíamos água em potes de barro, da torneira, duma mangueira, ou duma fonte e não águas minerais em garrafas ditas “esterilizadas”.
Construíamos aqueles famosos carrinhos de rolamentos e aqueles que tinham a sorte de morar perto duma ladeira asfaltada, podiam tentar bater records de velocidade e até verificar no meio do caminho que tinham economizado a sola dos sapatos, que eram usados como travões...

Depois de acabarmos num silvado aprendíamos.
Íamos brincar na rua com uma única condição:
Voltar para casa ao anoitecer. Não havia telemóveis... Os nossos pais não sabiam onde estávamos! Era incrível!
Tínhamos aulas só de manhã, e íamos almoçar a casa. Quando tínhamos piolhos a nossa mãe lavava-nos a cabeça com Quitoso e com um pente fininho removia a piolhada toda.
Braço engessados, dentes partidos, joelhos esfolados, cabeça rachada. Alguém se queixava disso?
Todos tinham razão, menos nós...
Comíamos doces à vontade, pão com Tulicreme, bebidas com o (perigoso) açúcar.  Não se falava de obesidade, brincávamos sempre na rua e éramos super activos...
Quando comprávamos aqueles tubinhos de Fá naquela mercearia da esquina, vinha logo o pessoal todo a pedir um “coche” e dividíamos com os nossos amigos. Bebiam todos pelo mesmo tubinho e nunca ninguém morreu por isso.
Nada de Playstations, Nintendo, X boxes, jogos de Vídeo, televisão por satélite, televisão a Cabo nem DVD’s, Dolby surround, telemóvel era ficção científica, computador,  Internet, só amigos.
Quem não teve um cão?
Nada de ração. Comiam a mesma comida que nós (muitas vezes os restos), e sem problema nenhum! Banho quente? Champô? Qual quê! No quintal, um segurava o cão e o outro com a mangueira (fria) ia jogando água e esfregava-o com (acreditem se quiserem) sabão (em barra) de lavar roupa! Algum cão morreu ou adoeceu por causa disso?
A pé ou de bicicleta, íamos à casa dos nossos amigos, mesmo que morassem a kms da nossa casa, entrávamos sem bater e íamos brincar.
É verdade! Lá fora, nesse mundo cinzento e sem segurança! Como era possível? Jogávamos futebol na rua, muitas vezes com a baliza sinalizada por duas pedras... Ás vezes quando éramos muitos tínhamos que ficar de fora sem jogar nem ser substituído... mas nem era o “FIM DO MUNDO”!
Na escola tinha bons e maus alunos. Uns passavam e outros eram reprovados. Ninguém ia por isso a um psicólogo ou psicoterapeuta. Não havia a moda dos superdotados, nem se falava em dislexia, problemas de concentração, hiperactividade. Quem não passava, simplesmente repetia de ano e tentava de novo no ano seguinte!
As nossas festas eram animadas por gira-discos, a fazerem aqueles cliques da agulha a deslizar nos discos de vinil. As bebidas, eram claro, a deliciosa groselha com cubinhos de gelo.
Tínhamos:
"Liberdade,
Fracassos,
Sucessos e
Deveres."
...e aprendíamos a lidar com cada um deles!
A única verdadeira questão é:
como conseguimos sobreviver?
E acima de tudo, como conseguimos desenvolver a nossa personalidade?
Também és dessa geração? Se sim, então manda este e-mail aos teus amigos desse tempo, e também aos teus filhos e sobrinhos, para que eles saibam como era no... Nosso tempo!
Sem dúvida vão responder que era uma chatice, mas... Como éramos felizes!!!

sinto-me: Cansada da cabeça
música: Backstreet Boys - If I Knew Then
publicado por vida_da_inda às 22:23
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12


27
28

29
30


.posts recentes

. Pessoal apago ou não o bl...

. Morreu o ator Eli Wallach

. Oração a São João

. Ficha clínica de Michael ...

. Feliz aniversário! Sobrin...

. Rummy

. Bom dia! "A vida é um mil...

. Mas hoje parece...

. Deveras excitante

. Não vejo uma luz no fundo...

.arquivos

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

.tags

. todas as tags

.links